Homem de Aço 2 ainda pode acontecer

E com Henry Cavil no papel

Isso é o que afirma David S. Goyer, roteirista do primeiro Man of Steel, de 2013.


Embora o primeiro filme do que viria a ser o DC Snyderverse tenha tido um desempenho bastante sólido nas bilheterias, arrecadando US $ 668 milhões em todo o mundo, Homem de Aço recebeu muitas críticas de fãs que não gostaram da visão mais sombria de Snyder sobre o Super-Homem - particularmente pelos níveis excessivos de caos do filme.


O Superman de Cavill voltaria em Batman Vs Superman e Liga da Justiça, ambos dividindo os fãs novamente, mas por razões diferentes. Liga da Justiça, na verdade, levantou o maior de número de protestos de todos os três filmes, desta vez por conta dos devotos de Snyder, que odiaram a versão de Joss Whedon que chegou aos cinemas - o que gerou o Snyder Cut que foi veiculado diretamente no serviço de streaming da Warner, a HBO Max.

Os fãs agora se perguntam se a versão de Zack Snyder para a Liga da Justiça realmente marcou a última vez em que Henry Cavill foi visto com o traje de Superman. Esses questionamentos, que não se restringem a discussões em sites e fóruns de fãs de quadrinhos, têm gerado rumores de um possível Man of Steel 2 - considerando que o herói deve retornar às telas em uma produção de JJ Abram, numa história que não necessariamente tem ligação com o Homem de Aço de Snyder.


Existe quem aposte algumas fichas na possibilidade de um novo Homem de Aço, uma vez que o próprio Cavill já concordou em retornar ao seu papel mais icônico. De sua parte, o roteirista de Man of Steel acha que uma sequência ainda pode acontecer com o ator no papel principal. Mas David Goyer admite que atualmente não está em posição de saber mais do que o fã médio. Ele disse recentemente:

Eu penso que sim. Não estou envolvido nisso agora. Eu ouvi os mesmos rumores que você ouviu, mas não estou conectado a isso. Eu me afastei quase que inteiramente de projetos relacionados a quadrinhos além de Sandman, que eu realmente não classifico como parte do universo DC normal.

Goyer, é claro, já esteve muito ligado aos planos da Warner Bros. para a DC: foi roteirista de todos os três filmes da trilogia Cavaleiro das Trevas, de Christopher Nolan, bem como dos dois primeiros filmes de Snyderverse. Considerado uma espécie de especialista quando se trata de escrever adaptações de quadrinhos, Goyer também é creditado em tudo, desde a trilogia Blade com Wesley Snipes, até o temeroso Motoqueiro Fantasma: O Espírito da Vingança, com Nicolas Cage, passando pelos programas de TV Constantine e Krypton .

Goyer agora está focado em escrever o a série Sandman com Neil Gaiman, para a Netflix, bem como na adaptação da Fundação de Isaac Asimov .


Mesmo que não tenha nenhuma visão especial sobre a possibilidade de Man of Steel 2 acontecer, o roteirista e parece bastante otimista de que algo ainda pode ser feito. Claro que, se uma sequência de Man of Steel vier a ser feita, ela certamente não será dirigida por Snyder, que deixou o DCUniverse inteiramente e entrou em um relacionamento novo e libertador com a Netflix . Alguns podem considerar uma notícia muito boa não ter Snyder mais responsável pelo Superman depois da maneira como ele lidou com o personagem nos três filmes que fez com Cavill.


Seja como for, uma dúvida que contamina qualquer nova produção que tenha o Superman como personagem é se existe alguma historia sua que realmente possa ser contada, adaptada para o cinema, dada a natureza purista do personagem. Diferente do Batman, com suas nuances humanas e obscuras, estamos falando de um ser quase divino, cujo ideário eleva sua aura a padrões que são difíceis de um roteirista trabalhar criativamente. Qualquer mero deslize pode trazer do volta o Dark Superman de Snyder, que muita gente considera não ser o verdadeiro Super Homem.


Por outro lado, será que os fãs mais sérios de quadrinhos e cinema aceitariam um Superman mais próximo do filme alegre de Richard Donner de 1978?


Ou seria tudo questão de talento para escrever um boa história? A Marvel também tem o seu personagem sem máculas, o Capitão América, que não apenas foi excelentemente escrito para os filmes do Universo Cinematográfico Marvel, como conseguiu eliminar completamente o ranço patriótico imperialista em que o personagem poderia ter escorregado. Assim como não existiria um Universo Marvel sem o Homem de Ferro, o Capitão América de Chris Evans foi fundamental para o sucesso de todos os arcos até Vingadores Ultimato.


Bem, você poderia alegar que o Super Homem não é um personagem que apenas AGE como um deus, mas é poderoso como um. Mas eu lhe diria que, bem... cada roteirista que trabalhe e dê o melhor com o personagem que tem!


Por último, vale lembrar que ainda temo alguns filmes do Universo DC nos cinema para serem lançados: Supergirl e The Flash, pelo menos!



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo